top of page
  • Foto do escritorSelak

Como funciona e em que consiste a Proteção Passiva contra incêndio

Atualizado: 22 de mai.

Revestimentos retardantes, intumescentes e ablativos para combater a propagação do fogo.


Qualquer espaço construtivo pode sofrer as consequências de um incêndio, no entanto, o setor da construção é uma das áreas da engenharia que tem tido uma evolução importante nos últimos anos, com foco na sustentabilidad, isolamento e segurança. Nesse sentido, um dos aspectos de maior relevância é a prevenção contra incêndios que, entre alarmes anti-incêndios, sprinklers e extintores, também conta com medidas de "proteção passiva" por meio da tintas retardantes e intumescentes. Mas como é que funciona na prática?


A proteção passiva tem por objetivo a resistência materiais e elementos da construção no combate ao fogo através de revestimentos retardantes de chama, intumescentes e ablativos que formam uma camada protetora que reage ao fogo, retardando a inflamação e minimizando os efeitos da queima e da fumaça resultantes da combustão.


Tinta/Verniz Retardante de chama. Como funciona e como se aplica?


A tinta retardante ajuda para que o revestimento de uma construção ou edifício resista à propagação do fogo e ele não se propague, contribuindo para que a chama se mantenha e não libere fumaça, ajudando no processo de evacuação do local. Ou seja, este tipo de tinta baseia sua atuação na ignifigação, que é uma técnica que consegue retardar a reação do revestimento ao fogo propriamente dito e, como consequencia, sua velocidade de expansão.

Desta forma, as principais caracteristicas da tinta retardante são as seguintes:

  • Reduzir a inflamabilidade e a combustão dos materiais construtivos que reveste.

  • A tinta retardante de chama não evita que seja iniciado um incêndio, mas sim atua como combate, atrasando a expansão do fogo e a produção de fumaça.

  • Existe a tinta retardante e o verniz retardante incolor, este último para uso em madeira que mantém sua aparência.

  • Geralmente a proteção passiva é para uso em interiores.

  • A aplicação do retardante de chama pode ser feita com rolo ou pincel.


tintas de proteção passiva

Entenda como funciona a tinta intumescente


Esse tipo de revestimento desenvolve um tipo de espuma expansiva resistente ao calor e ao fogo que protege firmemente o revestimento da ação do fogo, evitando sua condutividade e propagação do calor atravês do material construtivo. Essa resistência ao fogo permite aumentar o tempo de evacuação do local do incêndio.


A National Geographic Channel - NatGeo - em seu programa "Gigantes da Engenharia", apresenta o funcionamento da Tinta Intumescente e como ela pode proteger uma estrutura metálica do fogo intenso. Veja o vídeo a seguir:




IMPORTANTE: Todo material resistente ao fogo permite um tempo de combate ao incêndio atendendo à camada de proteção aplicada por m². Esse tempo é finito, portanto, sempre haverá a necessidade de combate ao fogo através dos métodos convencionais.


Quais são as exigências do projeto e do fiscalizador


Para determinar a área de cobertura de um projeto é necessário, primeiro, saber qual será a exigência de segurança disposta pelo fiscalizador, pois ele será quem indique os pontos que precisarão do revestimento intumescente e quais com maior proteção.


Cálculo de tinta FIRELAK aproximado em seu projeto de estruturas metálicas


Inicialmente, o rendimento de cada lata ou galão de tinta intumescente dependerá do cálculo medido em Kg/m² e limitado a sua camada em micras. Em outras palavras, quanto maior a camada aplicada, maior a proteção e menor rendimento por m², pois essa resistência será proporcional às micras do material aplicado à estrutura.


Para isso, deverá ser feito um cálculo medindo a relação entre a superfície exposta ao fogo e o volume de um perfil. Desta forma, quanto maior é a massividade, maior será o espessor de proteção.


Por último e não menos importante, sempre respeitar as indicações de aplicação para atingir os valores apresentados na tabela de cobertura do fabricante, já que esse é o ponto de referência obrigatório para alcançar a resistência desejada.


No seguinte vídeo é possível entender as vantagens de utilizar a tinta Firelak Intumescente em seu projeto:


Qual a documentação da tinta intumescente


A linha Firelak Intumescente para Estrutura Metálica fornece Certificado de Análise, Certificação Internacional de Testes e Ensaios e Carta de Cobertura. O Certificado de Análise é enviado junto com a Nota Fiscal de compra do produto, no entanto, o Laudo dos Ensaios deverá ser solicitado à fábrica, formalmente via e-mail, fornecendo os seguintes dados:

  1. Data da compra;

  2. Número da Nota Fiscal;

  3. CPF/CNPJ do comprador;

  4. Área total a ser aplicada;

  5. Tempo de resistência exigido;

  6. Local da aplicação;

  7. Nome do engenheiro responsável pelo projeto.


Saiba mais do procedimento clicando aqui.


Como aplicar a tinta intumescente?


Tinta Intumescente Firelak
Tinta Intumescente Firelak

A ação preliminar é a preparação, sendo fundamental o emprego de lixa na superfície para retirar qualquer tipo de ferrugem e elementos contaminantes. Depois disso, o procedimento continua com o emprego de Primer Promotor de Aderência e Anticorrosivo, para facilitar a adesividade da tinta intumescente.

Por ser muito viscosa, sua textura tem a aparência de masa, pelo qual é importante realizar um processo de aplicação consistente e profissional, normalmente utilizando rolo ou pincel, muito recomendado, mas também sempre atendendo à exigência da carta de cobertura do fabricante.

Nesse estágio, além de muito importante, é essencial respeitar os períodos de cura da camada aplicada, pois a úmido sempre será maior do que depois de seca, o que diminui o revestimento se medido em micras entre o antes e o depois da secagem. Portanto, é primordial respeitar as fases de aplicação e secagem de cada camada até atingir a resistência demandada, sempre medida após o processo de cura.


FIRELAK Ablativo de shaft e selagem de cabos elétricos


Firelak WB Ablativo é um revestimento expansivo de proteção passiva contra incêndio indicado para proteção de shaft, selagem de cabos elétricos e compartimentação, com excelente supressão de fumaça e ótima resistência e estanqueidade ao fogo que possue BR 6479:1992 - Portas e Vedadores, e ITEN - Relatório de Ensaio nº 1806052-1/001-2



Preciso contratar empresa aplicadora?


O recomendável é que sim, pois além da aplicação, deverá fornecer a ART - Anotação de Responsabilidade Técnica - do projeto. Contudo, se não for possível contar com uma empresa de aplicação com expertise no assunto, você deverá contratar um engenheiro responsável pela obra que assine essa ART. Caso contrário, o laudo não será expedido.

Confira alguns pontos importantes na escolha:


  • Analise primeiro se a empresa que irá executar o serviço tem expertise no assunto;

  • Verifique se a mesma conta com a documentação em dia;

  • Pesquise outros serviços similares executados pela empresa;

  • Confira se a mesma possui funcionários capacitados sobre o produto e com conhecimento de proteção passiva;

  • Consulte à fabricante sobre a homologação dessa empresa para a execução do trabalho;

  • Certifique-se que a empresa de aplicação, no final do serviço, emita a ART - Anotação de Responsabilidade Técnica - necessária para aprovação do projeto - AVCB - Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.


Para mais informações sobre a linha Firelak Retardante, Intumescente e Ablativa, composição, espessura, rendimento, viscosidade, massa específica, entre outros, entre em contato através do e-mail tintas@selak.com.br ou no telefone (11) 5667-6144.



Comments


Atendimento Whatsapp
bottom of page